EconomiaFixo

Sicredi firma parceria com instituições europeias para financiar empreendimentos femininos

Junto à alemã DEG e à francesa Proparco, instituição financeira cooperativa captou R$ 438 milhões para destinar a pequenas e médias empresas lideradas por mulheres

O Sicredi, em parceria com o Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW, sigla em alemão), buscou recursos fora do país destinados a micro, pequenas e médias empresas brasileiras lideradas por mulheres. Com linha de crédito de US$ 80 milhões (cerca de R$ 438 milhões), a iniciativa inclui o fator gênero como critério para o uso dos recursos, assim como outros fatores sociais e ambientais.

O acordo de parceria foi firmado junto à DEG, Instituição de desenvolvimento financeiro alemã, subsidiária do Banco de Desenvolvimento Alemão (KFW), e à agência de fomento francesa Proparco, subsidiária do Banco de Desenvolvimento Francês (AFD), instituições financeiras de desenvolvimento (DFIs sigla em inglês) que possuem o objetivo de prover financiamento e capital de longo prazo a empresas privadas em países emergentes e em desenvolvimento. O financiamento será destinado para aquelas empresas com faturamento anual de até R$ 6 milhões e que tenham mulheres como donas ou sócias detendo mais de 50% do capital social. Os recursos estarão disponíveis às associadas ao Sicredi.

“Essa captação é muito relevante, pois, além de ser a primeira internacional com viés social realizada pelo Sicredi, inaugura a parceria com duas importantes instituições, que realizam um trabalho já reconhecido em fomentar o crescimento em países emergentes. A partir disso, aumentamos nossa capacidade de apoiar os pequenos e médios empreendimentos liderados por mulheres no Brasil”, contextualiza Alexandre Barbosa, superintendente de Tesouraria do Sicredi.

“DEG e Proparco tem o prazer de trabalhar com um parceiro como o Sicredi. Nós, como DFIs europeias, estamos orgulhosos em concluir uma parceria ambiciosa com um importante ator do setor. Ao fornecer um instrumento direcionado ao impacto social a um renomado participante do mercado na maior e mais populosa economia da América Latina, DEG e Proparco demonstram seu compromisso em promover o financiamento voltado pequenas e médias empresas lideradas por mulheres, reduzindo a desigualdade de gênero, fomentando a economia inclusiva bem como a criação de mais e melhores empregos, e contribuindo para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, comenta Gudrun Busch, diretora de Instituições Financeiras para a América Latina da DEG.

Participação em desafio global

Por meio da parceria, o Sicredi também passou a contribuir com o 2X Challenge – Finance for Women, desafio global lançado pelas instituições financeiras de desenvolvimento do G7 e que possui o objetivo de destinar recursos à geração de oportunidades de empreendedorismo e liderança a mulheres em países emergentes. A linha de crédito da instituição financeira cooperativa foi aprovada como elegível ao desafio, que busca destinar mais de USD 15 bilhões em novos financiamentos para as mulheres empreendedoras entre 2021 e 2022.

Integrante do Pacto Global proposto pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU), o Sicredi é comprometido com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Na operação de fomento ao empreendedorismo feminino está sendo atendido o objetivo número 5, que trata sobre Igualdade de Gênero.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo