Fixo

Após prêmios na gastronomia, chef busca reconexão com a natureza e se torna ‘jaguarman’ famoso no Pantanal

Elias Tanus diz que viu as primeiras pegadas de onça, aos 5 anos de idade. Após se tornar chef e ganhar prêmios, ele retornou para o MS, onde passou a rastrear o animal selvagem e foi apelidado de jaguarman.

Ao buscar as memórias da infância, Elias de Freitas Tanus, de 44 anos, conta que não esquece o momento em que viu as primeiras pegadas de onça. Na época, os passeios ocorriam na região pantaneira. E foi para lá que, após ganhar prêmios na gastronomia, ele buscou reconexão com a natureza e se tornou ‘jaguarman’ famoso, levando milhares de turistas em passeios noturnos em busca de animais selvagens.

“Eu ia com os meus tios para uma fazenda em Coxim, aos 5 anos de idade. Lembro até o nome: Meu Ranchinho. Foi lá que eu vi as primeiras pegadas de onça e ficava contemplando a natureza e outros animais. Depois, fui estudar gastronomia em Campo Grande, trabalhei em restaurantes lá, ganhei prêmios, até que recebi o convite para trabalhar em uma ilha no Rio de Janeiro. Foi excelente, só que passei a sentir falta desta conexão”, afirmou Elias.

Mostrar Mais
Botão Voltar ao topo