DestaquesGeral

Garimpeiros mantêm protesto pelo quarto dia após segunda ordem da Justiça para liberar BR-174, em RR

Bloqueio impede principalmente passagem de caminhões e já afeta a chegada de combustíveis a Boa Vista. Ontem, segunda ordem judicial autorizou uso da PRF, PF e PM para liberar via, mas diz que policiais devem respeitar integridade física e moral de manifestantes.

Pelo quarto dia consecutivo um grupo de garimpeiros mantêm o bloqueio parcial na BR-174, em Boa Vista, nesta quinta-feira (7). Eles cobram a liberação da atividade em Roraima. O ato ocorre no Km 485, próximo à ponte do Água Boa, sentido Mucajaí.

Caminhões são impedidos de passar pela rodovia e ficam enfileirados à margem da BR, o que começa a impactar no abastecimento de combustíveis em postos da capital, conforme explica o Sindipostos em nota publicada pela manhã.

Os demais veículos, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), conseguem trafegar de forma esporádica pela rodovia.

Na tarde de quarta (6), a Justiça Federal determinou pela segunda vez o desbloqueio total da BR-174, o que ainda não ocorreu.

A ordem assinada pelo juiz federal Igor Itapary Ribeiro autorizou as polícias Rodoviária Federal, Federal e Militar a retirar dos manifestantes do local e determina que os policiais devem respeitar a integridade física e moral das pessoas.

Para a policial rodoviário federal Márcia Bergman, a limitação “engessa” a ação da polícia, porque a agressão moral pode ter um sentido subjetivo.

“Um manifestante pode se sentir desmoralizado a qualquer tempo, com qualquer atitude do policial, ainda mais em uma situação dessa, em que 90% dos casos pode envolver confronto”, explica.

Ainda assim, os agentes seguem no local e tentam negociar a liberação da via de forma pacífica.

Na segunda (4), primeiro dia de protesto, o juiz federal Igor Itapary Ribeiro deu aos manifestantes a opção de saírem da rodovia voluntariamente até as 21h daquele dia, mas os garimpeiros não respeitaram a decisão e permaneceram no local. O magistrado também proibiu a realização de novos bloqueios em qualquer outro ponto da rodovia.

No primeiro dia de protesto a rodovia ficou completamente fechada e um carro com três mulheres que tentou passar pelo bloqueio foi atacado pelos manifestantes.

Nota do Sindipostos-RR

O SINDIPOSTOS-RR comunica que devido ao fechamento da BR 174 pela manifestação dos garimpeiros, alguns postos da capital já estão sem combustíveis devido à proibição da circulação dos caminhões tanques que fazem o transporte dos produtos. Lembramos ainda que esses veículos são responsáveis pelo abastecimento dos postos de combustíveis e das usinas. A manutenção da paralisação poderá acarretar o desabastecimento geral em Boa Vista. Aguardamos o posicionamento dos órgãos competentes, na expectativa de uma solução para o impasse.

Fonte: G1
Mostrar Mais

Relacionados

Close
Close