BrasilDestaquesPolícia

Chefe de facção cearense suspeito de mais 100 assassinatos é morto em Jacarepaguá

Criminoso mais procurado do Ceará, Alan Darlan foi morto em tiroteio com policiais no Rio

Alban Darlan Batista Guerra, chefe de uma facção criminosa do Ceará, foi morto e considerado o criminoso mais procurado daquele estado, foi morto a tiros em um confronto com policiais em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), com apoio da Core, localizaram Darlan após receberem informações da área de Inteligência da Polícia Civil cearense.

Segundo a polícia, ao receber voz de prisão, ele reagiu a tiros, foi baleado pelos policiais e morreu. Ele tem um extenso histórico de homicídios e é suspeito de mais de 100 assassinatos, entre eles, o de um policial aposentado e o do próprio cunhado.

Criminoso mais procurado do Ceará, Alan Darlan foi morto em tiroteio com policiais no Rio

Era oferecida recompensa de R$ 10 mil por informações que levassem à captura dele.

Cartaz oferece recompensa por informações sobre Alban Darlan Batista Guerra

Cartaz oferece recompensa por informações sobre Alban Darlan Batista Guerra

 

Mostrar Mais
Close
Close